Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/99
Título: “M t’studa p’m k ter vida k nha mãe tem”- “I have studied because I don’t want to have a life just like my mother’s”
Autor(es): Fortes, Celeste
Palavras-chave: género
antropologia feminista
educação
estudos de género
agenda
Data do documento: Jan-2013
Resumo: Como pode a antropologia contribuir para uma agenda endógena de pesquisa nos estudos de género em Cabo Verde e/ou entre os cabo-verdianos capaz de produzir leituras múltiplas, que evitem a produção de categorias estanques e encarcerantes como sejam “mulher cabo-verdiana” ou “homem cabo-verdiano”? A partir do trabalho de pesquisa entre mulheres cabo-verdianas em Portugal que viajaram para “tirar um curso” e com mulheres cabo-verdianas em Cabo Verde que não tiveram oportunidade de estudar e de possuir os capitais académicos altamente valorizados pela sociedade cabo-verdiana, o artigo procura evidenciar a valorização que as mulheres atribuem à educação como um dos idiomas identitários centrais na construção de percursos biográficos diferenciados; argumentando que esses percursos biográficos atestam a necessidade de construção de agenda de pesquisa dos estudos de género, cuja tarefa central deve passar pela pesquisa das diferentes estratégias de uso situacional e contextual dos diferentes idiomas, nativos, (de género, classe, etnicidade, etc) que obrigam a adopção de olhares pluralizantes sobre o que significa “ser mulher cabo-verdiana”, contribuindo, por conseguinte, para a heterogeneização da categoria “mulher cabo-verdiana” e a introdução de novas problemáticas na, ainda jovem, agenda de pesquisa dos estudos de género.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/99
Aparece nas coleções:Artigo em Revista Científica Internacional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ArtigoInt_Celeste_Barros.pdf468 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.