Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/98
Título: Estudo da abundância de ninhos da tartaruga carreta carreta (LINNAEUS,1758) nidificante nas praias da zona Este de Boavista (Porto Ferreira) e a sua contribuição no recrutamento de crias na população no ano de 2010
Autor(es): Abu-Raya, Mestre Mara
Abella, Elena
Neves, Jandira
Palavras-chave: Bacharelato Biologia Marinha e Pescas
Caretta caretta
Reprodução
Sucesso de emergência
Mortalidade
Data do documento: 8-Mai-2013
Resumo: O presente estudo foi realizado no âmbito do Projecto «NATURA 2000», que decorreu durante os meses de Julho a Outubro de 2010, em Porto Ferreira, situado á este da ilha da Boavista. A ilha esta localizada a Este do arquipélago de Cabo Verde (14º50' - 17º20'N, 22º40' - 25º30'W), integra o grupo de ilhas do Barlavento. No âmbito desse projecto este trabalho foi realizado com o objectivo de estudar a abundância de ninhos da tartaruga Caretta caretta (LINNAEUS, 1758) nidificantes nas praias da zona Este de Boavista (Porto Ferreira) e a sua contribuição no recrutamento de crias na população no ano de 2010. Das sete espécies de tartarugas marinhas reconhecidas actualmente, seis delas habitam no oceano Atlântico. Um dos aspectos prioritários no esforço para a conservação dessas espécies é assegurar um adequado recrutamento de crias nas populações. O método mais eficaz é a incubação de ovos em incubadoras protegidas ou em viveiros controlados. No presente estudo registou-se, para essa região, um total de 3275 rastros e 1062 ninhos. O maior número de rastros e ninhos foi observado no mês de Agosto e na praia de Nhô-Martin. Foi construído um viveiro para fazer uma comparação entre a taxa de eclosão e mortalidade no viveiro e in natura, sendo a taxa de mortalidade in natura consideravelmente maior que no viveiro (88% por 30%) e a de eclosão foi de 70% no viveiro e12% in natura. Pelas observações feitas pôde-se ver que a mortalidade in natura tem como causa principal a predação pelo caranguejo fantasma (Ocypode cursor) e a erosão das praias. Para diminuir a alta taxa de mortalidade nas praias de estudo e pelos resultados obtidos no viveiro recomenda-se a construção de um viveiro (hatchery), em temporadas futuras a fim de aumentar o sucesso das eclosões. Os valores médios de comprimento recto, largura recta e peso foram de 42.9, 38.9cm e 17.8g. Por insuficiência de dados não foi possível estimar a temperatura de incubação e eclosão.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/98
Aparece nas coleções:Projecto de Fim de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Relatorio_TFC_Jandira Neves.pdf2,36 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.