Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/101
Título: A ascensão dos pobres a posições de elite político-administrativa no contexto do Cabo Verde pós-independente- The rise of the poor to positions of political and administrative elite in the context of post-independent Cape Verde
Autor(es): Barros, Crisanto
Palavras-chave: pobres
elites
escolarização
Data do documento: 2013
Resumo: A administração do Estado moderno cabo-verdiano, que resulta das profundas mudanças instituídas no decurso da segunda metade do século XIX, é feita, em grande parte, por naturais do arquipélago, cujo recrutamento ocorria predominantemente no seio das famílias mais favorecidas. Essa tendência prevalece ainda ao longo do século XX, conhecendo, entretanto, alguma alteração a partir dos finais do ano sessenta desse século. O presente artigo pretende analisar a ascensão de indivíduos das camadas populares a posição de elite político-administrativa com a institucionalização do Estado nacional a partir de 1975. No escopo deste ensaio, focalizaremos a nossa análise sobre as trajectórias da elite político-administrativa proveniente dos estratos sociais mais desfavorecidos da sociedade cabo-verdiana, procurando compreender as condicionantes históricas e as estratégias individuais e familiares que contribuíram para que sua presença se tornasse mais frequente no decurso do último quartel do século XX.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/101
Aparece nas coleções:Artigo em Revista Científica Internacional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ArtigoInt_Crisanto_Barros.pdf463,56 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.